Experimente por R$ 0,00

R$ 19,90 /mês

R$ 19,90/mês após o teste gratuito de 30 dias. Cancele a qualquer momento.
Curta mais de 100.000 títulos de forma ilimitada.
Ouça quando e onde quiser, mesmo sem conexão
Sem compromisso. Cancele a qualquer momento.
Ortodoxia  Por  capa

Ortodoxia

De: G. K. Chesterton, Almiro Pisetta - tradução
Narrado por: Eduardo Costa Mendonça
Assine - Grátis por 30 dias

Depois de 30 dias, R$ 19,90/mês. Cancele quando quiser.

Compre agora por R$ 41,99

Compre agora por R$ 41,99

Pagar usando o cartão terminado em
Ao confirmar sua compra, você concorda com as Condições de Uso da Audible e a Política de Privacidade da Amazon. Impostos, quando aplicável. PRECISA SER AJUSTADO

Sinopse

O marco do pensamento cristão do século XX.

"Chesterton (1874-1936) faz neste livro uma autobiografia espiritual, em que o núcleo da crença cristã se apresenta como suficiente arcabouço para conferir sentido à existência humana." (O Estado de São Paulo).

"Um século depois de sua aparição, o livro mantém todo o seu frescor e novidade." - Marcelo Coelho (Folha de São Paulo).

"Um verdadeiro 'tour de force', em termos de inteligência e de humor." - Moacyr Scliar (Folha de São Paulo).

"Publicado em 1909, Ortodoxia é a melhor síntese de seu pensamento sobre a religião." (Revista Veja).

"Leiam, por amor à inteligência, Ortodoxia, que acaba de ser relançado pela editora Mundo Cristão." (Reinaldo Azevedo).

"Uma eloqüente apologia do cristianismo contra as filosofias e doutrinas do início do século XX." (O Globo).

"O ensaísmo de Chesterton me atrai por sua arte argumentativa." - Daniel Piza (O Estado de São Paulo).

Numa época em que a Europa dava os primeiros passos para tornar-se uma sociedade pós-cristã, um intelectual de grosso calibre, cansado do cinismo reinante e do fascínio despertado por novas idéias, resgata o núcleo da fé cristã como arcabouço suficiente para dar sentido à existência humana. Ao contar sua jornada espiritual, G. K. Chesterton faz saber à intelligentsia européia da primeira metade do século XX que o socialismo, o relativismo, o materialismo e o ceticismo estavam longe de responder às questões existenciais mais profundas. E quando questionado sobre as aparentes contradições da fé cristã, Chesterton era um mestre em valer-se do paradoxo para apresentar a simplicidade do senso comum. Seu jeito despojado, seu estilo incisivo e a facilidade de rir de si mesmo tornaram célebres seus debates com intelectuais da época, como George Bernard Shaw, H.G. Wells, Bertrand Russell e Clarence Darrow. Dono de uma pena arguta, sutil e envolvente, Gilbert Keith Chesterton deixou marcas inesquecíveis em mestres da literatura como Hemingway, Borges, García Márquez e T. S.

©2007 Mundo Cristão (P)2017 Mundo Cristão

O que os ouvintes dizem sobre Ortodoxia

Nota média dos ouvintes. Apenas ouvintes que tiverem escutado o título podem escrever avaliações.
Geral
  • 5 out of 5 stars
  • 5 estrelas
    4
  • 4 estrelas
    0
  • 3 estrelas
    0
  • 2 estrelas
    0
  • 1 estrelas
    0
Execução
  • 5 out of 5 stars
  • 5 estrelas
    3
  • 4 estrelas
    1
  • 3 estrelas
    0
  • 2 estrelas
    0
  • 1 estrelas
    0
História
  • 5 out of 5 stars
  • 5 estrelas
    4
  • 4 estrelas
    0
  • 3 estrelas
    0
  • 2 estrelas
    0
  • 1 estrelas
    0

Avaliações - Selecione as abas abaixo para mudar a fonte das avaliações.

Classificar por:
Filtre por:
  • Geral
    5 out of 5 stars
  • Execução
    5 out of 5 stars
  • História
    5 out of 5 stars

Sensacional

Exige um nível de atenção redobrado. É digno de reescuta e nova leitura, dada a genialidade do autor na colocação de todas as suas opiniões. Argumentos sensacionais que clareiam, sem pretensões, a visão do público.

Ocorreu um erro. Tente novamente em alguns minutos.

Obrigado. Seu voto nesta revisão foi computado.

Você denunciou esta avaliação